Que dicas daria a um funcionário que assume a liderança pela 1.ª vez?

Que dicas daria a um funcionário que assume a liderança pela 1.ª vez?

Sete líderes lusos. Sete respostas que dão uma ideia do que a liderança de topo espera dos recém-chegados às chefias. Quatro deles apontam uma mesma característica: humildade.

“Manter-se fiel aos seus princípios, às suas convicções”; “que não pense que ser líder é ser patrão”; passando por “sermos nós próprios, porque aquilo que é falso não serve para construir uma verdadeira relação” ou “que saiba ser um referencial, que se posicione sempre como um exemplo”. Estas são algumas das respostas de sete responsáveis de topo portugueses à questão “que conselho(s) daria a um funcionário que está a assumir uma posição de liderança pela primeira vez”. António Mexia, António Saraiva, Carlos Silva, Daniel Bessa, Daniel Proença de Carvalho, Fernando Bessa e Manuel Ferreira de Oliveira partilham a sua visão sobre o que um líder novo na função deve esperar, ser e fazer. E o que deve evitar. Quatro deles indicam uma mesma característica que consideram essencial: que seja humilde, ouvindo e respeitando quem o rodeia. Seguem-se as dicas na íntegra:


António Mexia
, CEO da EDP


Ferreira de Oliveira
, CEO da PetroAtlantic Energy 


António Saraiva
, presidente da CIP - Confederação Empresarial de Portugal


Carlos Silva
, secretário-geral da UGT - União Geral de Trabalhadores


Daniel Bessa
, economista


Daniel Proença de Carvalho
, sócio presidente da Uría Menéndez - Proença de Carvalho


Fernando Bessa
, country manager da Air France KLM Portugal


Esta foi uma das questões colocadas aos sete líderes no âmbito da cerimónia da 7.ª edição dos Best Leader Awards (iniciativa da consultora portuguesa Leadership Business Consulting), cujas respostas temos vindo a comparar. A pergunta que abordamos na próxima semana pode revelar-se complicada de responder para muitos líderes: pedimos aos entrevistados que descrevessem um momento em que as suas equipas não concordaram com os próprios e de que forma se resolveu a questão.

29-06-2016 


Armanda Alexandre, Vanda Batista/Portal da Liderança